aromateripia-log

Desde março de 2018, a aromaterapia é reconhecida pelo governo brasileiro como uma das 29 práticas integrativas no SUS (Sistema Único de Saúde). Com isso, o tratamento passa a ser oferecido para a população usuária do sistema público. Um avanço alcançado graças aos inúmeros benefícios que esse ramo da fitoterapia proporciona, especialmente na prevenção de doenças.

A aromaterapia estuda substâncias aromáticas, sendo os óleos essenciais os ativos dessa terapêutica. O tratamento é natural e capaz de equilibrar o corpo e a mente. Segundo especialistas na área, os aromas passam pelo sistema nervoso central e pelo sistema límbico, que controla as emoções, por isso a sensação de bem-estar.

 

 

Mas não é só o cheirinho gostoso e agradável que você vai encontrar nesse ramo terapêutico. Os benefícios são inúmeros e divididos em três áreas:

  • Dermatológica:benefícios estéticos para corpo e cabelo e melhora de condições de saúde.
  • Aromacológica: benefícios dos óleos essenciais para a área psíquica e emocional.
  • Terapêutica: medicina alternativa para diversas doenças e desordens.

As propriedades das plantas medicinais encontradas nos óleos essenciais usados na aromaterapia são capazes de ajudar em tratamentos dos mais diversos, como, por exemplo, para cabelos, pele, unhas, celulite, combate à depressão, ansiedade, dores, melhora no humor e muito mais. Podem ser inclusive coadjuvantes no processo de emagrecimento.

É importante ressaltar, no entanto, que é fundamental procurar um profissional capacitado para orientar o melhor tratamento. Aqui na Trilha dos Aromas temos uma aromaterapeutapara auxiliar na escolha dos produtos e orientar sobre as melhores alternativas de acordo com as características de cada indivíduo.